Pupilo de Felipe Preguiça finaliza todas as lutas
19 de novembro de 2018
Exibir tudo

Felipe Preguiça, comemora feito inédito no Mundial de Jiu-Jítsu

Minas Gerais tem um campeão mundial de jiu-jítsu na faixa preta, na divisão peso pesado (até 93,4kg). Felipe Preguiça, de BH, mostrou muita superação para vencer as quatro lutas que disputou e conquistar o título em Long Beach, Califórnia, no fim de semana passado.

O mineiro, de 26 anos, atleta da Gracie Barra BH, superou momentos de dificuldade, com lesão logo na primeira luta, mas foi recompensado com o título da mais importante competição de jiu-jítsu, promovida pela IBJJF. Felipe Preguiça festejou nas redes socais em um post no Instagram, destacando justamente a determinação para faturar o ouro.

“Campeão mundial 2018, ainda não consigo acreditar! Foi sofrido, dolorido, tive que me superar a cada minuto, só quem estava perto sabe o quanto foi difícil para mim…Na minha primeira luta, estalei o pé e os dois joelhos várias vezes. Saí praticamente sem conseguir andar do ginásio e não acreditava que aquilo estava acontecendo comigo….Depois de tudo o que passei, tudo que abdiquei, todo o treinamento, me machuco logo na primeira luta! Confesso que me jogou muito para baixo, mas acreditei até o fim e no dia seguinte, completamente debilitado e cheio de dor, fiz mais três lutas duríssimas e consegui conquistar o meu grande sonho”, escreveu o belo-horizontino.

Preguiça se dedica ao jiu-jítsu há 15 anos e conquistou todos os títulos na ‘arte suave’, mas faltava o Mundial na faixa preta. Depois do feito inédito, o objetivo é descansar ao lado da família, curtir o ouro alcançado em Long Beach e buscar novos desafios no tatame. “Deus coloca pedras em nosso caminho para nos testar e eu provei o quanto eu queria. Nunca desista dos seus sonhos, obrigados a todos de coração que fazem parte desse momento tão especial. Amo vocês”, postou o mineiro, que bateu na final o brasileiro Patrick Pontes, da GF Team.